top of page

O médico explica que a lesão foi causada após a parada cardíaca que Thais teve

Thais Medeiros de Oliveira, de 25 anos, foi internada em estado grave após cheirar pimenta em conserva. Ela teve um edema cerebral e segue em recuperação, em Anápolis.


G1-Goiás

Thais Medeiros de Oliveira é internada na UTI após passar mal ao cheirar pimenta — Foto: Matheus Lopes de Oliveira/Arquivo Pessoal



A trancista Thais Medeiros de Oliveira, de 25 anos, teve uma lesão irreversível no cérebro, segundo Rubens Dias, médico da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Anápolis. Ele explica que a lesão foi causada pela falta de oxigenação no cérebro da jovem.

“O que ela teve foi um período que o cérebro não tem oxigenação devida, porque o coração não estava bombeando sangue para o corpo. E ele gera uma lesão que é irreversível e tem um potencial de gravidade muito grande, explica o médico.


Thais passou mal no último dia 17 de fevereiro, enquanto almoçava na casa do namorado, e chegou a ficar mais de 20 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Anápolis, a 55km de Goiânia. Ela cheirou um vidro de pimenta em conserva.


Segundo a mãe de Thais, Adriana Medeiros, a filha segue se recuperando na enfermaria da Santa Casa de Anápolis. Um dos médicos que acompanha a jovem informou que ela deve ser transferida para um centro de reabilitação.


O médico explica que a lesão foi causada após a parada cardíaca que Thais teve, o que gerou a falta de oxigenação no cérebro. Ele ainda conta que a jovem pode ter sim uma melhora, mas pode não conseguir voltar à total normalidade.

50 visualizações0 comentário
bottom of page