top of page

Número de afogamentos em Goiás tem aumento de mais de 50% em 2023

No ano passado, o número de ocorrências desse tipo foi de 71, enquanto neste ano o registro é de 108


Jornal Opção

(Bombeiros em ocorrência para resgatar vítimas de afogamento em Caldas Novas no carnaval deste ano | Foto: CBM-GO)


O número de afogamentos em Goiás, de acordo com números do Corpo de Bombeiros, cresceu mais de 50% de janeiro a agosto de 2023 se comparado com o mesmo período de 2022. No ano passado, o número de ocorrências desse tipo foi de 71, enquanto neste ano o registro é de 108, o que implica um crescimento de 52,11%.


Até setembro de 2022, foram 80 afogamentos. Já neste mês, segundo números atualizados até esta segunda-feira, 11, sete pessoas se afogaram, o que totaliza 115 em 2023.


Os meses de março e outubro do ano passado registraram os maiores números da ocorrência, com 13 cada. Já neste ano, o mês de julho teve mais acidentes do tipo, com 22 ao todo.


De acordo com o tenente-coronel dos bombeiros, Luiz Eduardo Lobo, a elevação das temperaturas pode explicar o aumento desses casos, já que as pessoas costumam buscar locais para banho nessas condições do tempo.


No entanto, o militar ressaltou que esses números apresentam uma oscilação comum, ou seja, em um ano pode aumentar, como também pode diminuir sem um motivo claro aparente.

8 visualizações0 comentário
bottom of page