top of page

Multa de R$ 386 milhões: como o Santos valoriza Jair Cunha de olho em interesse europeu na promessa

Zagueiro foi procurado pelo Barcelona em 2022 e agora tem multa milionária para deixar o Peixe




Mais Goiás




A bola da vez no Santos é Jair Cunha. Aos 19 anos, o zagueiro prorrogou o contrato com o clube da Vila Belmiro até o fim da temporada 2026 com uma multa de 70 milhões de euros (R$ 386,7 milhões na cotação atual) e ganhou um significativo aumento salarial.


Ao Peixe, a renovação do acordo significa maior proteção diante do assédio europeu.


Tido como uma das principais promessas do Peixe, Jair Cunha foi relacionado pela primeira vez para um jogo do profissional em 2022, sob o comando de Lisca. Ao fim da temporada passada, depois de se recuperar de uma grave lesão no joelho, passou a ser parte do grupo principal.


Atualmente, o defensor costuma ser a primeira escolha do técnico Fábio Carille quando os titulares Gil ou Joaquim não estão à disposição. Até aqui, são apenas quatro jogos e um gol que sacramentou a classificação às semis do Paulistão na disputa de pênaltis com a Portuguesa.


Embora a aparição de Jair Cunha em campo ainda seja tímida, internamente há um consenso sobre o potencial do garoto. Por isso, a diretoria se antecipou na negociação .


No acordo, o Peixe ficou com 90% dos direitos do menino da Vila, enquanto o atleta é dono do restante. A multa, considerada altíssima, foi estabelecida em 70 milhões de euros.

0 visualização0 comentário

תגובות


bottom of page