top of page

Mulher é detida por desacato, desobediência e perturbação do sossego em Rio Verde

A mulher embriagada se recusa a colaborar e é detida após resistência


Olha Goiás



Em uma operação coordenada entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e a Fiscalização de Postura, uma suspeita foi conduzida por diversos crimes, incluindo desacato, resistência, desobediência e perturbação do sossego alheio, em Rio Verde. A ação foi desencadeada após a constatação de perturbação do sossego durante uma fiscalização de som, resultando na necessidade de intervenção policial.


Ao chegarem ao endereço indicado, a equipe da fiscalização de posturas encontrou uma casa com perturbação do sossego, após aferição técnica. Ao solicitar a documentação da proprietária, esta se recusou a colaborar, desencadeando uma série de eventos que levaram à intervenção da GCM.


Ao abordar a proprietária, identificada como L. E. M., os Guardas Civis Municipais foram recebidos com resistência. A senhora, visivelmente embriagada, se recusou a fornecer sua identificação, utilizando termos ofensivos contra os agentes públicos presentes.


A situação se agravou quando a suspeita tentou adentrar sua residência, empurrando o portão contra a equipe policial. Neste momento, um vizinho interveio na tentativa de impedir a condução da autora.


Diante da resistência e das circunstâncias, os agentes da GCM precisaram utilizar a força seletiva e algemaram a senhora L. E. M. A condução da autora dos fatos foi realizada, sendo apresentada à autoridade policial na 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP).

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page