top of page

Motociclista está na UTI após ter pescoço cortado ao ser atingido por linha chilena

Uso de linhas cortantes pode gerar multa no valor de R$ 3 mil, em Aparecida de Goiânia. Jovem seguia pela Avenida Central quando foi atingido


G1-Goiás

Hospital Estadual de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada (Heapa), Aparecida de Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera


Um motociclista de 28 anos foi internado na Unidade de terapia intensiva (UTI) após ser atingido por uma linha chilena no pescoço, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo as informações, o jovem seguia pela Avenida Central quando foi atingido.


O caso aconteceu no Jardim Tiradentes. O jovem foi encaminhado ao Hospital Estadual de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada (Heapa) pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no domingo (10).


O Heapa informou que o jovem segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta terça-feira (12). Ele está respirando normalmente, sem ajuda de aparelhos e não há previsão de alta.


A Secretaria de Segurança Pública de Aparecida de Goiânia informou que a legislação municipal proíbe o uso e venda de linhas cortantes e que a infração gera multa no valor de R$ 3 mil, apreensão do material e condução do infrator à autoridade policial.


Durante a Operação A Vida Por um Fio, realizada durante a temporada de pipas, a Guarda Civil de Aparecida apreendeu mais de 2 mil carretéis de linhas com cerol, chilena e Indonésia, com alto potencial de corte.



164 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page