top of page

Mortes nas rodovias federais goianas em julho crescem 88% na comparação com 2022

Polícia Rodoviária Federal flagrou 245 motoristas embriagados em julho deste ano contra 261 no ano passado


Mais Goiás


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 245 motoristas embriagados nas rodovias goianas, em julho. Os dados da Operação Férias 2023 ainda não foram finalizados e são da manhã desta segunda-feira (31) – o resultado consolidado será divulgado na terça (1º/8).


Em 2022, o montante no mês foi de 261 condutores dirigindo sob efeito de álcool. Os números representam uma queda de 6,1%.


Em relação as mortes, o período em 2023 teve 34 (11 ligadas ao uso de álcool, segundo a PRF), contra 18 em 2022. O aumento foi de 89% na comparação entre os períodos.


De acordo com o Newton Morais é preciso destacar dois casos. Um deles, no domingo (30), quando o condutor de um carro parou ao ver uma blitz da PRF km 0 da BR-452, em Rio Verde, e tentou dar ré.


Ele, então, foi abordado pelos agentes que perceberam que a habilitação do homem estava vencida há dez anos. O indivíduo foi submetido ao teste do bafômetro que mostrou teor alcoólico de 1,04 mg/l. A partir de 0,30 mg/l já prevista prisão, conforme o inspetor.


Segundo Newton, ele segue preso na Central de Flagrantes de Rio Verde. Ele já possuía passagens na polícia e não teve direito a fiança.


O outro caso é de um caminhoneiro que bateu em outra carreta e quebrou o retrovisor da mesma, no perímetro urbano da BR-452, em Rio Verde, nesta segunda. Ele tentou fugir, mas foi cercado por motoristas de outros veículos de carga que chamaram a PRF.


Submetido ao teste do bafômetro, o equipamento indicou 1,01 mg/l de teor de álcool. Os agentes também encontraram uma garrafa de cachaça dentro do veículo. Assim como o homem do primeiro caso, ele foi levado para a Central de Flagrantes de Rio Verde.


5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page