top of page

Morre Amaral, ídolo do Guarani e zagueiro da Seleção na Copa do Mundo de 1978

Defensor faleceu aos 69 anos, vítima de um câncer. Pela seleção brasileira, salvou gol em cima da linha em jogo contra a Espanha no Mundial



GE

Amaral, ídolo do Guarani e ex-zagueiro da Seleção, morre aos 69 anos — Foto: Reprodução



Ex-zagueiro da seleção brasileira e ídolo do Guarani, Amaral morreu nesta sexta-feira, aos 69 anos. Também chamado de Feijão, o defensor morreu vítima de um câncer.


O jogador foi revelado pelo clube de Campinas aos 15 anos de idade. Ao longo da carreira, também acumulou passagens por Corinthians, Santos, América (MEX), Leones Negros (MEX), Blumenau e Caldense.


Pela seleção brasileira, Amaral disputou 40 jogos entre amistosos, Copa América, Eliminatórias da Copa do Mundo e a Copa do Mundo de 1978. Com a amarelinha, se destacou ao salvar um gol da Espanha em cima da linha no Mundial de 1978.


O episódio ajudou na manutenção do empate por 0 a 0 e foi importante no avanço à fase final daquela Copa - a Seleção de Claudio Coutinho acabou na terceira posição, atrás apenas de Argentina e Holanda.




11 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page