top of page

Morre a jornalista Glória Maria, aos 73 anos

A jornalista a primeira a entrar ao vivo no Jornal Nacional e inaugurou a era da alta definição da televisão brasileira




Foto: Tasso Marcelo/Estadão Conteúdo/Arquivo


A jornalista Glória Morreu morreu, aos 73 anos, no Rio de Janeiro na madrugada desta quinta-feira (2). A causa da morte ainda não foi oficialmente confirmada, porém ela estava internada no hospital Copa Star, na Zona Sul, para tratar um câncer no cérebro.


Glória descobriu a doença em 2019 e se afastou dos trabalhos na televisão para iniciar o tratamento. A jornalista chegou a ser submetida a uma cirurgia de emergência com a finalidade de retirar um tumor.


Após a recuperação, Glória voltou a apresentar o Globo Repórter junto de Sandra Annenberg. No entanto, foi internada novamente em dezembro de 2022. A época a TV Globo informou que o novo afastamento era por motivos de saúde, porém já havia retorno programado para este ano.


Glória Maria nasceu em Vila Isabel, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro. Na década de 70 iniciou sua carreira na Globo. A jornalista foi âncora do RJTV, Jornal Hoje e do Fantástico. Além disso, ficou conhecida por reportagens especiais ao redor do mundo como no deserto do Saara e na Palestina.


A mulher foi pioneira inúmeras vezes. Foi a primeira a entrar ao vivo no Jornal Nacional e inaugurou a era da alta definição da televisão brasileira. Mostrou mais de 100 países em suas reportagens e protagonizou momentos históricos.


“Eu sou uma pessoa movida pela curiosidade e pelo susto. Se eu parar pra pensar racionalmente, não faço nada. Tenho que perder a racionalidade pra ir, deixar a curiosidade e o medo me levarem, que aí eu faço qualquer coisa.”


Glória deixa duas filhas, Maria e Laura.

Com informações do G1

35 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page