top of page

Minas Gerais tem 24 cidades em situação de emergência por causa das chuvas

Cinco pessoas já morreram no estado no atual período chuvoso. Neste domingo (31), véspera do Ano Novo, chuva causou alagamentos e deixou pessoas ilhadas na Grande BH.



G1-Goiás



Minas Gerais tem 24 cidades em situação de emergência por causa das chuvas, segundo a Defesa Civil estadual.


A maioria dos municípios – afetados por tempestades de granizo, vendavais, enxurradas ou precipitações intensas – entrou em situação de emergência a partir de novembro. Eles estão espalhados em diversas regiões, como Vale do Jequitinhonha, Norte, Sul e Zona da Mata.


Cinco pessoas já morreram no estado no atual período chuvoso, iniciado em outubro. Três óbitos foram registrados em Paracatu, no Noroeste de Minas, no dia 23 de dezembro. Uma mulher, de 32 anos, e os dois filhos dela, de 2 e 11, estavam em um carro arrastado pela enxurrada. As outras duas mortes ocorreram em Pedralva e Cássia, na Região Sul.


Segundo a Defesa Civil, 70 pessoas ficaram desabrigadas, e outras 667, desalojadas.


Neste domingo (31), véspera do Ano Novo, a chuva causou alagamentos e deixou pessoas ilhadas na Grande BH.


Na Vila Marimbondo, em Contagem, cerca de 60 casas foram atingidas e uma delas desabou, segundo a Defesa Civil. Um homem ficou ferido, e muitas famílias perderam móveis e pertences. Em Ibirité, o Rio Manso transbordou e invadiu pelo menos 20 casas.


Em Belo Horizonte, a Avenida Heráclito Mourão de Miranda, na Região da Pampulha, foi bloqueada devido à alta vazão do Córrego Ressaca.

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page