top of page

Menino autista empurra sofá para polícia arrombar porta e prender tio que agredia a esposa com cabo

Na delegacia, o homem disse que foi uma briga de casal. A mulher relatou que era agredida constantemente e que o marido fica nervoso sem motivos.


G1-Goiás

Polícia arromba porta para prender pintor que agredia a esposa com cabo de ferro em casa, em Jataí, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil


A Polícia Civil prendeu um pintor de 40 anos suspeito de bater na esposa com um cabo de ferro, em Jataí, no sudoeste de Goiás. A casa estava trancada e sem as chaves. Para entrar, os policiais contaram com a ajuda de um menino autista de 5 anos. Ele é sobrinho do casal.


O delegado Marlon Souza Luz contou que o homem colocou sofás atrás das portas para dificultar a entrada na casa. Mesmo assustado com as ameaças do tio, o menino foi acalmado pela polícia e empurrou o sofá para equipe a arrombar a porta.


"Falei para ele ficar calmo, que estavámos na casa para ajudar. Eu pedi para ele empurrar o sofá que estava atrapalhando a porta. Ele empurrou o sofá para gente arrombar a porta e entrar na casa", explicou o delegado.

No interior da residência, a polícia teve que imobilizar o pintor porque ele resistiu à prisão. A mulher, de 35 anos, teve ferimentos nas costas e nos braços.


O g1 não localizou a defesa do suspeito para se manifestar sobre a prisão até a última atualização desta reportagem.

120 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page