top of page

Mbappé e presidente do PSG tiveram forte discussão antes de despedida, diz jornal

Segundo o jornal "Le Parisien", atacante e dirigente discutiram aos gritos antes de jogo contra o Toulouse


GE

Mbappé e Al-Khelaifi posam juntos no PSG — Foto: Getty Images



A despedida de Mbappé do PSG não foi das mais tranquilas. De acordo com o jornal "Le Parisien", o atacante teve uma forte discussão com Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube francês, antes do jogo contra o Toulouse, o último do craque pela equipe no Parque dos Príncipes.


Segundo a publicação, Al-Khelaifi procurou Mbappé para tomar satisfações, após o atacante não citar o dirigente em seu post de despedida nas redes sociais. A conversa, porém, rapidamente ficou tensa, e os dois passaram a discutir aos gritos.


Por conta da discussão, o aquecimento do time chegou a se atrasar em quatro minutos. O PSG negou a informação em um comunicado de imprensa, mas confirmou que houve uma reunião entre Mbappé e Al-Khelaifi.


A relação entre os dois tornou-se praticamente inexistente desde o dia 9 de fevereiro, quando Mbappé informou a Al-Khelaifi a decisão de não renovar com o PSG.


O dirigente perdeu a paciência após não ser citado por Mbappé no post de despedida feito na última sexta-feira. No vídeo, em que confirmava não ficar no PSG, o atacante citou e agradeceu diversas pessoas com as quais trabalhou, como técnicos, dirigentes e torcedores, com exceção de Al-Khelaifi.


O presidente do PSG se sentiu insultado, pois ofereceu a Mbappé um dos maiores contratos da história do futebol em 2022, quando o atacante renovou mesmo em meio ao interesse do Real Madrid.





4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page