top of page

Mateusinho, do Cuiabá, aparece em troca de mensagens com apostadores

Globo Esporte


Mateusinho, hoje no Cuiabá, aparece em mensagens trocadas em um grupo com sete pessoas. O jogador indica ser punido propositalmente com cartão durante jogo da Série B do Brasileiro do ano passado, quando defendia o Sampaio Corrêa.

Os diálogos foram obtidos pela 2ª fase da operação, tocada pelo Ministério Público de Goiás.

A informação foi divulgada pelo ESPN.com.br e confirmada pela reportagem do ge. Mateusinho foi denunciado e virou réu por participar do suposto esquema de manipulação de resultados.

O MP-GO transcreveu trechos de áudio da conversa em um grupo de mensagens. Mateusinho indica cometer falta para ser advertido com cartão. O celular do atleta foi apreendido e acessado mediante a senha fornecida na ocasião da apreensão. Os diálogos foram considerados como relevantes para o caso.

- Pacilo, pô rapá, eu sou bagulho doido. Me deu uma missão pra mim matar… ou mato ou morro, mano. Não tinha jeito, mano. Eu falei ih…alguém vai se f** aí, porque eu vou dar carrinho - disse Mateusinho em trecho transcrito.

- A missão foi cumprida, eu ia largar de barriga - prossegue Mateusinho.

Em trecho da conversa, Mateusinho é exaltado por uma pessoa identificada como ‘Ps Zagueiro’.

- Na moral, desculpa pra uma pessoa. Desculpas M2, hoje tu ganhou conceito comigo. Não que os outros não tenham, mas tu era o que eu tinha mais medo.

Mateusinho indica participar com apostas realizadas, em trecho em que supostamente o volante Rafael Gava, ex-Cuiabá e atualmente no Avaí, é citado por alguém identificado como Victor Talamini.

- Nessa daqui eu tirei o Gava. O Gava é pipoqueiro. Aí vocês vão mexendo aí, quem quiser ir fazendo - diz Victor Talamini.

Em seguida, Mateusinho responde.

- Cara**. Tá boa pra nós fazer dinheiro. Vou botar dinheiro pra nós fazer. Tá é louco.

- Se o homem falou pra botar filho, esquece!! Estou na festinha. Vou até sentar aqui no cantinho agora. Sem ninguém, pra poder fazer. Saindo até do som aqui pra fazer essa fezinha - finalizou o jogador.

Em outro trecho, Mateusinho parece cobrar os apostadores pelo não pagamento de uma aposta realizada.

- Mano os cara não tá cobrando dos maluco lá? Então pronto, mano. Nós tem que cobrar aqui. Se fosse nós os cara ia tá em cima cobrando igual eles tão em cima dos cara lá, ué. Então tem que cobrar mesmo, fí.

A reportagem do ge entrou em contato com o agente do lateral-direito. Ele afirmou que nada foi provado e que não tem mais o que se pronunciar.

O Cuiabá também foi procurado. O clube informou que, a princípio, não irá se manifestar sobre o caso.

Mateusinho ainda integra o elenco do Cuiabá e viajou com a delegação para o Rio de Janeiro, onde o Dourado enfrenta o Fluminense no sábado, pela 6ª rodada do Brasileirão. Na última rodada, o jogador ficou no banco de reservas e não foi utilizado.

10 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page