top of page

Juventude e Inter empatam no primeiro jogo da semifinal do Gauchão

Vaga na decisão será decidida no jogo de volta, no Beira-Rio



GE

Valencia em Juventude x Inter (Foto: Agif)



Ficou tudo para o Beira-Rio. Em um jogo de muita disputa física mas pouca inspiração dos dois lados, Juventude e Inter não saíram do 0 a 0 na tarde deste domingo, no Alfredo Jaconi, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Gaúcho. Os centroavantes dos dois times, Gilberto e Valencia, tiveram as melhores oportunidades ainda no primeiro tempo, mas pararam nos goleiros Anthoni e Gabriel, respectivamente. Com isso, quem vencer a partida de volta estará na final do Gauchão.


Como fica


Com o empate no jogo de ida, quem vencer o jogo da volta garante classificação para as finais do Gauchão. A segunda partida entre Inter e Juventude está marcada para o dia 25 de março, uma segunda-feira, às 21h30, no Beira-Rio. Novo empate leva a decisão da vaga para os pênaltis.


Primeiro tempo


O Juventude tentou pressionar o Inter nos primeiros minutos, mas sem levar tanto perigo ao gol de Anthoni. Aos poucos, o Colorado conseguiu sair da pressão e foi responsável pela primeira finalização do jogo aos 9 minutos, em chute de Valencia que desviou na zaga.


O equatoriano teve outras duas grandes chances aos 23 e os 25. Na primeira, arrancou da intermediária e tentou driblar Gabriel, mas o goleiro do Ju saiu bem e levou a melhor na dividida. Na sequência, recebeu grande passe da Alan Patrick e, em frente à pequena área, finalizou mal, em cima do goleiro.


O Juventude teve sua grande oportunidade aos 30. Gilberto foi lançado em profundidade em posição duvidosa. Sozinho, disparou e invadiu a área, mas alongou demais a bola e Anthoni saiu do gol para afastar. O camisa 9 alviverde ainda arriscou um chute de longa distância nos minutos finais, que passou perto da trave. Nos acréscimos, após uma boa triangulação do ataque do Inter, Mauricio obrigou o goleiro Gabriel fazer uma boa defesa para evitar o gol dos visitantes.


Segundo tempo


O Juventude foi melhor no segundo tempo e chegou com perigo com menos de um minuto de jogo. Gilberto ganhou uma disputa pelo alto, Jean Carlos arrancou com a bola e invadiu a área, mas também adiantou demais e perdeu a dividida com Anthoni. O Inter precisou mudar aos cinco minutos.


Com dores no tornozelo direito, Valencia foi substituido por Lucas Alario. Sem conseguir repetir o volume ofensivo de jogos anteriores, o time de Coudet viu o Ju crescer no jogo e quase abrir o placar aos 13. Aránguiz errou um pase dentro da área defensiva e Gilberto rolou para Jean Carlos finalizar. Mercado salvou em cima da linha.


Três minutos depois, Alan Ruschel invadiu a área e foi derrubado. O árbitro Lucas Horn marcou pênalti no campo, mas o assistente assinalou impedimento do lateral do Ju, que foi confirmado pelo VAR. A pressão dos donos da casa fez Coudet reforçar o meio-campo com as entradas de Rômulo e Bruno Gomes.


Aos poucos, o Juventude foi perdendo o ímpeto e só voltou a chegar aos 30, em uma finalização de calcanhar de Gilberto bloqueada por Vitão. Já nos acréscimos, Nenê, que havia ingressado no segundo tempo, teve uma chance de colocar o Ju em vantagem após bate-rebate dentro da área, mas o chute desviou em Mercado e saiu por cima.

22 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page