top of page

Juventude confia em permanência de Carpini após sondagem do Santos; veja bastidores


Globo Esporte


O trabalho de Thiago Carpini à frente do Juventude vem chamando a atenção dos principais clubes do Brasil. Nos últimos dias, o nome do comandante ganhou força como um dos cogitados para assumir o Santos na próxima temporada. Apesar do interesse do clube paulista, a direção alviverde mantém a confiança na continuidade do treinador em 2024.

Nos bastidores, o Juventude garante ter "tranquilidade" quanto à sequência de Carpini. A disputa da Série A e a postura do técnico, que recusou propostas mais vantajosas durante o ano, são citados. Por outro lado, também se entende o cenário com valorização e eventual chance no Peixe.

Em contato com o ge, o vice-presidente de futebol do Ju, Almir Adami, afirmou que, até o momento, o clube não recebeu nenhum contato de interessados em realizar o pagamento da multa para tirar Carpini do Alfredo Jaconi.

O treinador tem contrato com o clube de Caxias do Sul até o fim do ano que vem e possui uma cláusula de rescisão contratual superior a R$ 1 milhão.

Carpini está de férias com a família e, por enquanto, está focado no planejamento do Juventude para a disputa do Campeonato Gaúcho, da Copa do Brasil e da Série A do Brasileiro em 2024.

Contratado pelo Ju nas rodadas iniciais da Série B, o técnico mudou a perspectiva da equipe gaúcha na competição. Logo na sua chegada, tirou o Papo da zona de rebaixamento e colocou nas primeiras posições com uma série de vitórias. Na sequência, a regularidade se tornou o ponto forte do clube, que assegurou o acesso à elite na última rodada com o 3 a 1 diante do Ceará, em Fortaleza.

Com a impressionante ascensão na tabela, o Juventude, ainda em meio a luta pelo acesso, assegurou a renovação de contrato de Thiago Carpini por mais uma temporada. Além de estender o vínculo do treinador, optou, na ocasião, por uma valorização salarial considerável.

Apesar do incremento no salário, os vencimentos atuais ainda são bem inferiores se compararmos com os aplicados pelos demais clubes da Série A do Brasileiro. Até por isso, a apreensão a cada sondagem recebida.

Essa não é a primeira vez que Thiago Carpini é assediado. Na comemoração do acesso, o comandante admitiu que, na reta final da Série B, foi procurado por alguns clubes, até mesmo, da Série A. Como, por exemplo, o Cruzeiro. No entanto, optou por concluir a missão de colocar o Juventude na elite.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page