top of page

John Textor critica adiamento de jogo do Botafogo

Globo Esporte


O empresário americano John Textor, dono de 90% da SAF Botafogo, se manifestou nas redes sociais sobre o adiamento da partida contra o Fortaleza. Ele afirmou que deixou claro para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e para o Fortaleza o que pensa.

- Deixei claro o que penso para a CBF e para o Fortaleza. Acho que é constrangedor para a marca do futebol brasileiro que eu tanto gostaria de mostrar ao mundo. Esta versão do Brasil simplesmente não está pronta - escreveu o empresário.

Textor se manifestou através de um comentário na postagem de Fernanda Maia, jornalista e locutora do Estádio Nilton Santos.

A decisão de adiar foi tomada pela CBF por causa da suspensão do jogo anterior entre o Alvinegro e o Athletico-PR. Com interrupção parcial de luz no estádio Nilton Santos, a partida, que começou no sábado, teve de ser retomada neste domingo, de modo que não seria possível atender ao intervalo mínimo de tempo entre os jogos previsto no regulamento de competições.

O Glorioso tentou um mandado de garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, mas o presidente do tribunal, José Perdiz, não concedeu a liminar a favor do clube carioca.

O Botafogo lidera o Campeonato Brasileiro com 59 pontos somados e sete de vantagem sobre o vice Bragantino. Após adiamento do duelo contra o Fortaleza, que seria na última terça, a equipe volta a entrar em campo apenas no domingo (29), às 20h, contra o Cuiabá no Estádio Nilton Santos.

3 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page