top of page

Jogadores do Flamengo se revoltam com demora na demissão de Sampaoli

Elenco se reapresenta no fim da tarde desta terça-feira no Ninho do Urubu, após o vice-campeonato da Copa do Brasil, no domingo


O Globo

Jogadores não veem mais clima para Sampaoli comandar treino — Foto: Alexandre Cassiano


O vice-campeonato da Copa do Brasil para o São Paulo, no domingo, no Morumbi, foi visto pelo elenco do Flamengo como um divisor de águas, que deveria culminar com a saída do técnico Jorge Sampaoli de forma imediata.


O grupo não vê clima para a presença do argentino no comando do treino desta terça-feira, após novo fracasso, e lamenta a demora da diretoria em encerrar o ciclo para buscar outro treinador.


Até o momento, está mantida a presença de Sampaoli no Ninho do Urubu para a reapresentação do grupo, no fim da tarde, embora a cúpula do futebol já tenha decidido por sua saída e busque um substituto. Tite é o favorito.


Sabe-se há algumas semanas que a mobilização dos atletas se deu apenas por conta das finais da Copa do Brasil, mas que a relação com Sampaoli já estava desgastada antes.


Foco no Brasileiro

Diante da atuação no empate de domingo, o grupo saiu do Morumbi com a sensação de que é possível fazer bom papel até o fim da temporada, no Brasileiro, mas não com Sampaoli. Seria perder tempo.


As confusões e dificuldades de relação com o treinador não são os únicos problemas: a falta de comando da diretoria também incomoda o grupo de jogadores, por gerar um clima de desconfiança.


A expectativa de funcionários e atletas como um todo era mudar o clima e virar a página a partir desta terça-feira para não perder mais tempo e focar no Brasileiro.

3 visualizações0 comentário
bottom of page