top of page

Japão domina a Zâmbia e aplica maior goleada da Copa do Mundo até agora

Globo Esporte



O Japão começou a campanha na Copa do Mundo Feminina com uma goleada. O time asiático dominou e venceu a Zâmbia por 5 a 0, na madrugada deste sábado, em Hamilton, na Nova Zelândia. Miyazawa (duas vezes), Tanaka, Endo e Ueki balançaram as redes no duelo que teve o placar mais elástico do Mundial de 2023 até agora.

Com a vitória, as japonesas tomam a liderança do grupo C da Copa do Mundo ao fim da primeira rodada. O Japão tem três pontos e cinco gols de saldo, deixando para trás a Espanha, que soma a mesma pontuação, mas tem dois gols a menos no saldo. Na próxima rodada, as asiáticas pegam a Costa Rica, e as espanholas duelam contra Zâmbia.

Campeão mundial em 2011, o Japão tomou a iniciativa na partida e criou chances desde os primeiros minutos. Enquanto Zâmbia se defendia, o time asiático conseguiu balançar as redes aos 22 minutos, com Tanaka aproveitando sobra de bola na área, após cobrança de falta. Porém, ser chamada pelo VAR, a árbitra revisou o lance à beira do campo e decidiu anular o gol pela participação ativa de Tanaka no começo do lance, quando estava em posição de impedimento.

Mas as japonesas conseguiram balançar as redes de novo ainda no primeiro tempo - e dessa vez, com lance validado. Após boa jogada pela direita, Aoba Fujino cruzou bem e encontrou Hinata Miyazawa, que completou na área e abriu o placar.

No começo da etapa final, duas vezes o Japão viu escapar por centímetros a chance de ampliar. Aos quatro, Tanaka apareceu para marcar, aproveitando cruzamento da esquerda, mas de novo viu o lance ser anulado por impedimento. Minutos depois, um pênalti foi marcado para o Japão, quando Fujino foi derrubada na área pela goleira Musonda. Mas depois o VAR indicou o impedimento na origem do lance.

Aos nove, porém, enfim veio o segundo gol: Endo escapou nas costas da zaga, recebeu lançamento e depois cruzou para Tanaka ampliar. A diferença chegou a três gols aos 16 minutos, quando Tanaka foi à linha de fundo e cruzou para Miyazawa marcar de novo, aproveitando bobeira da zaga de Zâmbia.

Aos 16, o placar virou goleada. Depois de boa troca de passes perto da área, Endo escapou pela esquerda, entrou na área e bateu na saída da goleira, colocando 4 a 0 no placar. As japonesas continuaram no ataque e tiveram outras oportunidades, enquanto Zâmbia pouco deu trabalho na frente. Nos últimos segundos de jogo ainda veio a chance de fazer o quinto gol: Chiba foi derrubada pela goleira Musonda, e a juíza marcou o pênalti, além de mostrar o segundo cartão amarelo para a jogadora de Zâmbia, que acabou expulsa.

Na cobrança, Ueki chutou forte, e a bola explodiu no travessão. A bola ainda bateu nas costas da goleira Sakala, que acabara de entrar em campo, e depois o rebote foi desperdiçado pelo Japão. Mas a árbitra ordenou que a cobrança retornasse, uma vez que a arqueira de Zâmbia se adiantou. Ueki, então, bateu de novo e converteu, fechando o placar em 5 a 0.

3 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page