top of page

Inter vence, confirma vaga na Sul-Americana e deixa Corinthians sob risco

Colorado joga melhor e ganha pela primeira vez em Itaquera; Timão se despede de Fábio Santos e ainda se preocupa com Z-4


GE

Jogadores do Inter comemoram gol contra o Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)


O Internacional venceu o Corinthians por 2 a 1 na noite deste sábado, na Neo Química Arena, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, confirmou sua classificação à Copa Sul-Americana de 2024 e deixou o rival ainda sob risco – remoto – de rebaixamento. O Colorado foi mais time do que o Timão durante todo o duelo e construiu a vitória, primeira dos gaúchos no atual estádio corintiano, com gols de Maurício e Wanderson – Romero descontou.


A vaga na Sul-Americana é prêmio de consolação para um Inter que caiu de maneira traumática nas semifinais da Libertadores deste ano e chegou a flertar com o rebaixamento no Brasileiro. Já o Corinthians, que fez bela festa para a despedida do lateral-esquerdo Fábio Santos, queria uma vaga na mesma competição. No entanto, foi embora ainda preocupado com a tabela.


Como fica?


A vitória leva o Inter aos 52 pontos, garantido na Sul-Americana. O Corinthians permanece com 47, em 13º lugar e a seis do Bahia, que abre a zona de rebaixamento – basta um empate na última rodada, contra o Coritiba, ou qualquer tropeço do próprio Bahia, do Vasco, ou do Santos para o time de Mano Menezes se salvar.


O adeus de Fábio Santos


Aos 38 anos, o lateral-esquerdo Fábio Santos foi abraçado por torcida, elenco e família antes do jogo na Neo Química Arena. Ele recebeu homenagens, posou ao lado das seis taças conquistadas pelo Corinthians e ainda foi a campo – foi substituído por Matheus Bidu na metade do segundo tempo, muito aplaudido e com reverências até de jogadores do Inter.


Próximos jogos


O Corinthians fecha o Brasileirão enfrentando o Coritiba, no Couto Pereira, enquanto o Inter recebe o Botafogo no Beira-Rio. Os dois jogos, assim como toda a 38ª e última rodada, serão realizados na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).



7 visualizações0 comentário
bottom of page