top of page

Influencer é presa durante operação que investiga homicídio em Goiânia

Crime aconteceu em março de 2022, no Jardim Atlântico. Ao todo, quatro pessoas foram presas durante a Operação Omertà.


G1-Goiás

Yeda Freitas foi presa em Goiânia — Foto: Reprodução/Redes sociais


A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) prendeu, nesta quinta-feira (18), a influenciadora digital Yeda Freitas, suspeita de ser cúmplice de um assassinato em Goiânia . Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu em 2022.


Outras três pessoas foram presas durante a Operação Omertà. Além de Yeda, foram presos Mateus Barbosa da Silva, José Camilo Pereira Bento e Antônio Luiz de Souza Filho, que é conhecido como Toinzinho e é namorado de Yeda.


De acordo com a Polícia Civil, Douglas Henrique Silva foi morto no dia 14 de março de 2022, na Rua Anchova, Jardim Atlântico.


De acordo com a Polícia Civil, a imagem e identificação dos presos foram divulgadas para que testemunhas possam identificá-los e auxiliar no esclarecimento do crime.



35 visualizações0 comentário
bottom of page