top of page

Hospitais do interior de Goiás começam a registrar queda nos números de casos de dengue

Blog do Amarildo


Foto - Divulgação


O ano de 2024 trouxe novos desafios para o sistema de saúde do Brasil no combate à dengue. Após um período de relativa estabilidade, a doença voltou a apresentar um aumento significativo de casos, sobrecarregando os hospitais e colocando à prova a capacidade de resposta do país.


Em 2023, o Brasil já havia encerrado o ano na liderança do ranking mundial, com 2,9 milhões de casos, sendo mais da metade dos 5 milhões registrados em todo o mundo. Especialistas apontam que o fenômeno “El Niño”, com altas temperaturas, contribuiu para o aumento da sobrevivência do mosquito Aedes aegypti, principal transmissor da doença.


Agora, em 2024, a OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que o Brasil registrou 6,3 milhões de casos, mantendo-se no topo do ranking pelo segundo ano consecutivo. De acordo com o painel de monitoramento do Ministério da Saúde mais de 3 mil mortes foram registradas no país por conta da dengue.


As regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste lideram o número de casos, com a faixa etária mais afetada sendo a de adultos entre 20 e 69 anos, a maioria do sexo feminino.

3 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page