top of page

Homem é suspeito de matar irmã de 53 anos com tiro, em Goiânia

O corpo está sendo velado na manhã desta terça-feira (6), em Barretos, onde será sepultado.



Lismara Bordin morreu no último domingo (4) (Foto: Reprodução)


A Polícia Civil investiga o caso de uma mulher de 53 anos morta com um tiro no último domingo (4), no bairro Vila Morais, em Goiânia. A suspeita principal é que Lismara Bordin tenha sido alvejada acidentalmente pelo próprio irmão, que teria agredido o namorado dela com coronhadas após uma discussão.


Conforme informações preliminares, a briga entre o irmão e o namorado de Lismara teria começado em um bar, na região da Vila Morais. Para evitar que a discussão piorasse, Lismara e o namorado teriam ido para casa, mas o irmão foi atrás do casal.


Na casa da mulher, o suspeito teria agredido o cunhado com várias coronhadas na cabeça. Com isso, a arma teria disparado e acertado Lismara, que não resistiu ao ferimento e morreu.


Após o crime, o homem fugiu do local.


No entanto, de acordo com a delegada Caroline Matos, somente os laudos periciais poderão confirmar essa versão do crime que, segundo ela, “a princípio é a versão mais plausível”. Caroline informou que a arma usada no crime foi encontrada em um lote baldio próximo à casa da vítima. A polícia agora busca o suspeito para ouvi-lo.


Despedida


Pelas redes sociais, amigos e familiares de Lismara, que era natural de São Paulo, lamentaram a morte da mulher.


“Com você não tinha tristeza. ‘Coloca o chapéu na cabeça e bora ser feliz’. Essa era sua frase”, escreveu uma prima de Lismara.


O corpo está sendo velado na manhã desta terça-feira (6), em Barretos, onde será sepultado.


41 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page