top of page

Homem é preso suspeito de deixar irmão autista abandonado mais de um mês sem comida

Mãe da vítima morreu há seis meses e, desde então, homem vivia em constante abandono. Ele foi resgatado e levado a uma unidade de saúde.


G1-Goiás

Homem autista é resgatado de casa sem alimentos e em condições desumanas — Foto: Polícia Civil/Divulgação


Um homem de 32 anos foi preso na terça-feira (10) suspeito de abandonar irmão autista em casa por mais de um mês sem água e comida, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, a vítima chegou a comer as próprias fezes.


Segundo a polícia, a vítima morava sozinho com a mão. Porém, ela morreu há cerca de seis meses na casa e o corpo dela ficou cinco dias sobre o colchão em que o homem autista, que tem 30 anos, dormia. Apenas quando vizinhos perceberam o forte cheiro que o corpo foi retirado.


"Na época, o irmão mais velho já não morava na casa, mas ele ia de tempos em tempos cuidar do irmão. Porém, nos últimos 40 dias a vítima estava em completo abandono", disse o delegado Alexandre Bruno.

O suspeito não apresentou nenhum advogado quando foi preso. Ele ficou em silêncio ao ser interrogado. Ele deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (11) para definir se ele continuará detido.


Os vizinhos pensavam que o irmão mais velho ia à noite para cuidar da vítima, por isso demoraram a denunciar. "Nesse tempo, a vítima só se alimentou porque vizinhos deixavam comida para ele. Se não fosse isso, ele teria morrido de inanição", completou o delegado.



166 visualizações0 comentário
bottom of page