top of page

Homem é condenado a 48 anos por abuso sexual contra a própria esposa, em Goianésia

Além disso, foi condenado a três anos de detenção pelos crimes de registro não autorizado da intimidade sexual e ameaça


Mais Goiás

Deam de Goianésia é responsável pela investigação contra o homem suspeito de violentar a esposa (Foto: Reprodução)



Um homem de 43 anos foi condenado a mais de 48 anos de reclusão, pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável, tortura, lesão corporal e perseguição, em Goianésia, munícipio a cerca de 180 quilômetros (km) de Goiânia. Além disso, foi condenado a três anos de detenção pelos crimes de registro não autorizado da intimidade sexual e ameaça.


As investigações da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia tiveram início em setembro de 2022, quando a Polícia Civil prendeu o homem em flagrante pelos crimes de descumprimento de medidas protetivas de urgência e perseguição contra a esposa, de 36 anos, e sua filha, de 19 anos.


Violência


A vítima conviveu com o autor durante 21 anos, e teve três filhos com ele. Entretanto, episódios de violência sempre marcaram a vida do casal. Em outubro de 2021, a vítima procurou a delegacia e relatou ter sido ameaçada de morte. Naquela ocasião, ela solicitou medidas protetivas. No entanto, o homem não respeitou a decisão judicial e coagiu a mulher a voltar a residir com ele, mediante graves ameaças.


Em 2022, no momento da prisão do autor, a vítima revelou que, desde 2009, sofria abusos sexuais por parte do marido.


A decisão pela condenação é do Juiz de Direito Érico Mercier Ramos, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Goianésia.

51 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page