top of page

Homem é atingido por tiro acidental durante caçada a javalis em Catalão

Autor do disparo não possui porte de armas. A vítima está internada em estado estável


Mais Goiás

Foto: reprodução


Um homem de 29 anos foi atingido por um tiro acidental durante caçada a javalis em uma fazenda no distrito de Santo Antônio do Rio Verde, em Catalão, na região Sudeste de Goiás. O autor do disparo é um homem de 60 anos, amigo da vítima, que, segundo a Polícia Civil, não possuía porte de armas.


Segundo informações da Polícia Militar, o autor do disparo relatou que ele e o amigo estavam caçando javalis juntos em uma fazenda próxima à comunidade dos Martírios, quando se distanciaram por um momento. Em um “instante de distração”, o suspeito afirmou que efetuou um disparo acidental com a espingarda.


Ao ouvir os gritos de socorro do amigo ferido, o autor o levou até um hospital em Catalão, onde foi internado. De acordo com a polícia, o proprietário da espingarda afirmou não possuir registro da arma e se prontificou a prestar esclarecimentos na Central de Flagrantes.


A PM informou que o exame de tomografia revelou a presença de duas esferas de chumbo pequenas alojadas entre o couro cabeludo e o crânio da vítima. Como a lesão foi superficial, o estado de saúde do homem é considerado estável.


O nome da vítima não foi divulgado, impossibilitando o Mais Goiás de obter informações atualizadas sobre o estado de saúde.


A delegada Marcela Guimarães explicou que, embora a caça de javalis seja permitida por lei, o inquérito irá verificar se o dono da espingarda possui registro de Colecionador, Atirador e Caçador (CAC) para exercer essa atividade.


O delegado Marlon Luz informou que, pela forma como o tiro ocorreu, a hipótese é de que o amigo estivesse ao lado da vítima no momento do manuseio da arma. A polícia continuará investigando o caso para esclarecer todos os detalhes.

29 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page