top of page

Grêmio mantém sonho por Michael, mas esbarra em planos do Al-Hilal

Globo Esporte



O Grêmio não desistiu de Michael, grande sonho do técnico Renato Portaluppi para o ataque. Mas por outro lado, o Al-Hilal mantém planos para o atacante e segue sem a intenção de liberar o jogador.

Os árabes não têm a intenção de se desfazer do atacante nesta janela de transferências. O interesse do Grêmio e os contatos constantes com Renato de fato balançaram Michael. Mas o Al-Hilal deu uma valorização ao atacante, conforme ouviu o ge, e pede alto pelo jogador, já que não quer vendê-lo.

Apesar dos recentes movimentos no mercado, o número de estrangeiros não aparece como problema. O clube contratou o português Rubén Neves, o senegalês Koulibaly e o sérvio Milinkovic-Savic.

Na liga da Arábia Saudita existe um limite de oito estrangeiros. Atualmente, o Al-Hilal tem seis e ainda existe a chance de negociar Marega e Carillo, este em conversas com o Al-Shabab. Cuéllar e Vietto já saíram, enquanto Matheus Pereira também deve ser negociado. O coreano Jang Hyun-soo teve o contrato encerrado, mas está afastado para tratamento de saúde.

Assim, o clube saudita vem realizando movimentos para valorizar o atleta. Recentemente, conforme apurou o ge, Michael recebeu um aumento salarial significativo para permanecer.

Além disso, os árabes não desejam negociar Michael por empréstimo. A alternativa do Grêmio seria comprar o jogador, mas o valor pedido foge da realidade do Tricolor, mesmo com a ajuda de investidores. O presidente Alberto Guerra e o empresário Celso Rigo já se manifestaram publicamente sobre as dificuldades dos valores envolvidos.

Já não é de agora que o treinador gremista fala publicamente do desejo de trazer Michael para Porto Alegre. Os dois criaram uma relação muito próxima quando trabalharam juntos no Flamengo e isso é o que mantém viva a esperança de contratar o jogador.


4 visualizações0 comentário
bottom of page