top of page

Golpe do bilhete premiado já fez quatro vítimas e prejuízo de R$ 2 milhões esse ano em Goiânia

No final de semana outra idosa caiu no golpe e perdeu R$ 50 mil; vítima em abril teve mais de 1 milhão levado; casos foram em Goiânia


Diário de Goiás

Câmeras de segurança ajudaram a identificar golpista que enganou idosa no fim de semana - Imagem: reprodução Tv Anhanguera



Uma sequência de golpes contra idosos de Goiânia, envolvendo falsos bilhetes lotéricos premiados, já causou prejuízos em quatro vítimas, somando mais de R$ 2 milhões furtados. A Polícia Civil está investigando os casos, mas apela para que as pessoas fiquem atentas à forma de agir, que é muito parecida.


Em todos os casos os golpistas alegavam para as vítimas que tinham ganhado em algum tipo de loteria, mas não poderiam sacar os valores por motivação religiosa. As vítimas então eram ludibriadas para ficar com o bilhete pagando valores bem inferiores ao prêmio.


Delegado alerta sobre golpe do bilhete


“Fazemos o alerta para que a população, especialmente os idosos, desconfiem dessas ofertas e não caiam no golpe”, recomenda  o delegado titular do Grupo Especial de Investigações Criminais da PCGO, Alex Rodrigues.


Ele conta que em um dos golpes, uma empresária de Goiânia perdeu R$ 1,3 milhão “acreditando que ficaria com um bilhete premiado de R$ 8 milhões”. O episódio ocorreu em abril.


“Em outros dois casos, os valores chegaram a R$ 180 mil e quase R$ 150 mil”. Segundo ele, as investigações estão em andamento e ainda não é possível afirmar que os golpistas nos quatro episódios tinham ligação.


Caso recente no final de semana


Esta semana a Tv Anhanguera exibiu a história de uma idosa de 70 anos que também caiu no golpe, aplicado no último final de semana. O homem abordou a vítima no Centro de Goiânia. Ele relatou que tinha ganho R$ 1,2 millhão com um bilhete de loteria, mas que a religião dele não permitia que ele ficasse com o dinheiro.


A mulher foi convencida a ir com ele até uma loteria. No local, uma comparsa reforçou a história do golpista. A vítima chegou a entrar em um veículo com o casal e a fazer um saque de R$ 5 mil. Além disso, a comparsa pegou o cartão da vítima e a senha dele, enquanto o homem esperava no veículo.


Mais tarde a idosa percebeu que a dupla realizou vários outros saques, além de compras, totalizando prejuízo de R$ 50 mil. A polícia foi chamada e com base nas imagens de circuitos de segurança da região onde houve o primeiro saque, foi possível identificar o autor.


O homem foi preso ainda no final de semana. Ele já tinha passagens por golpes aplicados em Anápolis. Agora uma possível ligação dele com os outros golpes será investigada.


18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page