top of page

Golpe do bilhete premiado: idosa perde R$ 1,3 milhão em Goiânia

"Orientação é não acreditar em ganhos faceis e lucros exorbitantes", diz delegado Alex Rodrigues



Mais Goiás

Golpe do bilhete premiado: idosa perde R$ 1,3 milhão em Goiânia (Foto: Polícia Civil)



Uma idosa perdeu R$ 1,3 milhão após ser enganada com o golpe do bilhete premiado, em Goiânia, no começo deste mês. A Polícia Civil investiga o caso, mas não houve prisões até o momento.


A corporação informou que a vítima alegou ter sido abordada em via pública por uma pessoa na rua que estaria com um bilhete premiado. Entretanto, o suspeito disse que, por questões religiosas, não poderia sacar um “dinheiro vindo de jogo, amaldiçoado”. Apesar disso, o suspeito estaria disposto a vender o “prêmio” em R$ 9 milhões por um valor inferior, no caso R$ 1,3 milhão. A idosa só descobriu o golpe quando tentou resgatar o valor.


A corporação ainda investiga, pelo menos, outros três casos recentes. Em dois deles, as vítimas, também idosos de Goiânia, foram lesadas em R$ 180 mil e em quase R$ 150 mil. Não há informações se estes casos têm relação.


“Eles abordam vítimas preferencialmente idosas, afirmam terem ganhado em um bilhete de loteria com um prêmio milionário, mas dizem que, por questões religiosas, não podem receber os valores. Eles, então, oferecem a venda deste bilhete para a vítima por um valor muito inferior ao suposto prêmio. A vítima, acreditando estar diante de uma grande oportunidade de ganho, se vê lesada pelo golpe”, detalha o delegado Alex Rodrigues. “A orientação é não acreditar em ganhos faceis e lucros exorbitantes”, complementa o delegado.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page