top of page

Goiás quer surpreender o líder Botafogo em gramado sintético

Globo Esporte


À beira da zona de rebaixamento e sem vencer há cinco jogos no Campeonato Brasileiro, o Goiás visita o líder Botafogo, segunda-feira, pela 25ª rodada. Quando entrar em campo, o Verdão já poderá estar no Z-4, uma vez que os concorrentes vão jogar antes.

O jogo no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, será mais um do time esmeraldino em gramado sintético. Recentemente, o Goiás visitou o Palmeiras e fez bom jogo – sofreu o gol da derrota nos acréscimos. O técnico do Goiás, Armando Evangelista, espera que a equipe se adapte rápido.

- É óbvio que o ideal seria jogar num piso em que estamos mais habituados. Isso é inquestionável. Eles têm mais horas de utilização do gramado sintético, mas temos que nos adaptar rapidamente. Já foi assim contra o Palmeiras e vai ser agora. Esperamos que o gramado não contribua significativamente para o que vai ser o jogo – disse o treinador à Rádio Bandeirantes.

Líder do campeonato com 51 pontos, o Botafogo acumula três derrotas seguidas na Série A. Nem por isso, Armando Evangelista vê o rival em má fase. O treinador destaca as qualidades do adversário.

- Não deixa de ser o líder. Sinceramente, não acredito em má fase (do Botafogo) porque times que têm qualidade como o Botafogo continuam tendo bons executantes, continuam a ter seus objetivos, todos nós sabemos que querem ser campeões. Vão jogar em casa, por isso, sei que teremos dificuldades, mas cabe a nós também criar dificuldades e levar o jogo para onde a gente pretende.

6 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page