top of page

Goiás: polícia desarticula grupo suspeito de aplicar golpe em mais de 300 pessoas com venda de veículos

O prejuízo estimado às vítimas é de cerca de R$ 1 milhão



Mais Goiás




A Polícia Civil de Goiás desarticulou um grupo suspeito de aplicar golpe em mais de 300 pessoas com a venda fictícia de veículos. Cinco pessoas envolvidas nos crimes foram presas na terça-feira, durante a Operação Ghost Car. O prejuízo causado às vítimas é de aproximadamente R$ 1 milhão.


A investigação teve início após dezenas de vítimas procurarem a Polícia para denunciar que caíram em golpe relacionado à venda de veículos.


As vítimas narraram que eram atraídas por anúncios em redes sociais e aplicativos de mensagens, mediante a oferta de veículos com preços acessíveis e linha de crédito facilitada. Na sequência, mantinham conversas com vendedores fictícios, que solicitavam que comparecessem à sede da loja.


No local, os clientes eram direcionados para outros vendedores. Após a escolha do veículo pretendido, os interessados eram induzidos a efetuarem o pagamento de uma entrada/sinal. Os valores variavam entre R$ 5 mil a R$ 10 mil).


Depois do pagamento, as vítimas eram orientadas a aguardar alguns dias para que o financiamento do restante do valor fosse aprovado para, só então, lhes ser entregue o veículo. Porém, após o transcurso do prazo solicitado, o automóvel não era entregue.


Empresas funcionavam por poucos meses


Segundo a Polícia Civil, o grupo criminoso abria empresas destinadas à venda de veículos, que permaneciam em funcionamento por poucos meses. Na sequência, eram encerradas e outras empresas eram iniciadas, perpetuando o mesmo crime.


Em pouco mais de três anos, o grupo iniciou pelo menos oito empresas na região Metropolitana, gerando um prejuízo estimado de R$ 1 milhão. Ao todo, foram encontradas mais de 300 ocorrências policiais relacionadas às empresas da associação criminosa. Somente em relação a uma delas, há quase 50 ocorrências registradas.


Além das prisões, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, bem como quatro de sequestro de bens.

314 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page