top of page

Goiás: mulher é presa suspeita de inventar que o pai idoso abusou de criança para extorqui-lo

A mulher é investigada por apropriação indébita, perseguição, extorsão e maus-tratos



Mais Goiás

PC de Goiás prende filha que extorquia e ameaçava pai (Foto: Divulgação)



 A Polícia Civil de Goiás prendeu, na sexta-feira (18), uma mulher de 38 anos suspeita de crimes graves contra o pai idoso, de 78 anos. A prisão é resultado da 12ª fase da Operação Desumanus, que combate crimes contra idosos.


A mulher é investigada por apropriação indébita, perseguição, extorsão e maus-tratos. Segundo a investigação, que durou 7 meses, ela teria inventado uma acusação de abuso sexual contra o pai para se apropriar dos bens dele. 


O idoso ficou preso por aproximadamente um mês. Ele conseguiu provar que não abusou do neto de 7 anos e foi liberado da prisão. 


Ao retornar para a casa, o idoso se deparou com todas as fechaduras trocadas. Ao procurar a filha, ela o expulsou, reforçou a denúncia de abuso e até o ameaçou de morte. Ela também apropriou-se dos imóveis e rendimentos dele.


O idoso decidiu buscar ajuda com um outro filho, que o encaminhou à Polícia Civil.


A corporação apurou que Weila possui um histórico de violência contra os pais. A prisão preventiva foi solicitada para proteger a vítima. Com essa prisão, a Operação Desumanus chega a 17 pessoas detidas em seis meses. 


A identidade e a imagem da investigada foram divulgadas em razão de existirem outras vítimas, respeitando os preceitos legais que o caso requer, conforme despacho do delegado responsável pelo inquérito, conforme a Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021 – PC.

18 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page