top of page

GEIC de Mineiros em conjunto com a polícia civil do Mato Grosso prende homem responsável pela morte do ex-secretário de obras do município de Colniza-MT


O capturado foi encaminhado unidade prisional e agora será recambiado para o Estado do Mato Grosso.


GEIC de Mineiros-Go



A Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio do Grupo Especializado de Investigação Criminal (GEIC) de Mineiros em apoio à Polícia Civil do Estado do Mato Grosso, na data de hoje,13, através da OPERAÇÃO KERES, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado em face de um homem de 46 anos de idade, o qual teria sido o mandante de um crime de homicídio contra ARILDO BATISTA DALTO, ex-secretário de obras do município de Colniza-MT, fato ocorrido no mês de fevereiro do corrente ano.


Após diligências investigativas pela PCMT, verificou-se que o mandante do homicídio de ARILDO BATISTA DALTO, ex-secretário de Obras do Município de Colniza-MT estava em local incerto desde a data da morte da vítima, sendo que após diversas diligências realizadas, a equipe de investigação do caso identificou que o autor teria refugiado nesta cidade de Mineiros, após tomar conhecimento do mandado de prisão em seu desfavor, o qual foi decretada no dia 05/03/2024.


No caso investigado foi verificado que a vítima foi assassinada no dia 15 de fevereiro deste ano, ocasião que o corpo da vítima foi encontrado na porta de entrada da sua fazenda em Colniza. Conforme exame pericial realizado no corpo, foi possível constatar que Arildo sofreu 13 (treze) disparos de arma de fogo na região do crânio e do tórax, o que causou sua morte ainda no local.


De acordo com as informações levantadas, o mandante do crime era um famoso agiota na região de Colniza, conhecido por possuir uma postura agressiva quando cobrava seus devedores. O motivo da execução do ex-secretário foi em virtude de uma dívida que o seu filho possuía de aproximadamente R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) com o agiota.


A morte de Arildo causou grande comoção social em Colniza, pois, além de ser uma pessoa conhecida na cidade, a vítima não possuía nenhuma relação direta com a motivação dos fatos, sendo assassinado pelo agiota como forma de intimidar o seu filho a pagar a quantia devida.


As investigações a respeito do homicídio em questão foram realizadas com o máximo de empenho do núcleo de investigação das Delegacias de Polícia Civil de Colniza e Juína e, graças ao compartilhamento de informações entre Polícias Civis do Mato Grosso e Goiás, foi possível localizar e prender o mandante do crime no Município de Mineiros-GO.


Ante o exposto, a preso foi informado de seus direitos constitucionais e conduzido à presença da autoridade policial, oportunidade que foi dado o devido cumprimento a ordem judicial em seu desfavor, tendo logo em seguida sido encaminhado para a unidade prisional e estando desde então à disposição do Poder Judiciário, ocasião que posteriormente será recambiado para o Estado do Mato Grosso.



Polícia Civil, investigar para proteger.


☎ Disque-Denúncia da Polícia Civil: 197

🏙 Redes sociais

GRUPO ESPECIALIZADO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL (GEIC) de Mineiros-GO

14ª DELEGACIA REGIONAL DE JATAÍ

214 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page