top of page

Galo vai à final do Mineiro contra o Cruzeiro, apesar da derrota para o Coelho

América vence Atlético por 2 a 1, mas alvinegro avança à decisão do Estadual contra o Cruzeiro por ter vencido o jogo de ida por 2 a 0





O Tempo

Atacante Paulinho marcou o gol que garantiu o Atlético na final do Campeonato Mineiro — Foto: Flávio Tavares/O Tempo




O América entrou em campo neste domingo (17) com uma missão complicada. Teria de vencer o Atlético por pelo menos dois gols de diferença para ir à final do Campeonato Mineiro. O Coelho até que deu sinais de que poderia alcançar o objetivo, venceu o clássico por 2 a 1, mas ficou pelo caminho. Melhor para o Galo que, apesar do revés no Independência, classificou-se à decisão do Estadual, quando enfrentará o Cruzeiro, que passou pelo Tombense no sábado (16).


O estreante Brenner abriu o marcador para o alviverde, Paulinho empatou e Vitor Jacaré, em um belíssimo chute de fora da área, recolocou o América em vantagem. Contudo, placar insuficiente para o Coelho, que havia perdido na ida por 2 a 0 e precisaria triunfar por pelo menos dois gols de diferença.


A equipe do técnico Cauan de Almeida vendeu caro a eliminação. Buscou o gol desde o primeiro minuto, foi melhor do que a equipe de Luiz Felipe Scolari na primeira etapa, mas, no segundo tempo, as forças se equilibraram.


Ao avançar à final, o Atlético buscará o pentacampeonato do Mineiro, enquanto o Cruzeiro tentará levantar a taça, conquistada a última vez em 2019. Neste ano, a Raposa poderá  jogar por dois resultados com saldo de gols iguais para ser campeã, por ter feito a melhor campanha na fase classificatória. O primeiro capítulo da decisão será na Arena MRV, no fim de semana dos dias 30 e 31 de março. A segunda partida ocorrerá no Mineirão.


"Sabíamos que eles viriam em uma estratégia de querer fazer um gol rápido, e nós demos mole no cruzamento. O jogo acabou ficando mais difícil para o nosso lado, mas a gente  voltou para o segundo tempo melhor. Mudamos um pouco a estratégia, conseguimos empatar. Infelizmente, o jogador deles acertou um belo chute. Temos de trabalhar agora durante essas duas semanas para fazer bons jogos e conquistar o título que é o objetivo nosso", avalia o atacante Paulinho.


Gols 


O técnico Luiz Felipe Scolari fez uma mexida na volta do intervalo, ao colocar Rubens na vaga de Igor Gomes. Mal a segunda etapa havia começado, e o Galo igualou o marcador. Após cruzamento pela direita, abola sobrou para Paulinho que bateu forte, de canhota, logo aos 2 minutos. 


O alvinegro melhorou o desempenho e por pouco não virou. Depois de tabela entre Paulinho e Hulk, Julio tentou cortar e a bola bateu no rosto de Dalberson. Apesar do crescimento do Galo, o Coelho seguiu seguiu buscando o gol e teve boas chances com Nicolas e Brenner. 


Benítez entrou em campo aos 16 minutos, no lugar de Alê, e deu mais qualidade ao meio-campo. Foi dele o passe para Vitor Jacaré acertar um belíssimo chute de fora da área, que bateu no travessão e foi morrer no fundo da rede, aos 21.


O América foi para o tudo ou nada, enquanto o Atlético tentou controlar o jogo e fazer o tempo passar. Aos 43 minutos, o Coelho quase ampliou, mas Everson salvou nos pés de Brenner. 



6 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page