top of page

Gabigol e Pedro voltam a jogar juntos no Flamengo após três meses e retomam parceria de 64 gols

Globo Esporte


A ausência de Bruno Henrique, suspenso contra o Athletico-PR, abriu brecha para a volta de uma dupla que já fez sucesso, mas andava sumida no Flamengo: Gabigol e Pedro. Jorge Sampaoli usou os dois no ataque no último treino que encerrou a preparação para o jogo desta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em tese, ambos chegam em baixa: Pedro não marca há quatro partidas, e Gabigol foi até barrado e viu do banco a vitória sobre o Botafogo na rodada passada. Mas a parceria entre eles, que começou lá em 2020, já rendeu muitos frutos.

Segundo dados do Espião Estatístico do ge, a dupla acumula 64 gols em 54 jogos em que ambos foram titulares. Sendo 40 bolas na rede do Pedro (com três assistências do camisa 10) e 24 do Gabigol (com quatro passes do camisa 9).

O melhor momento da parceria foi no ano passado, sob o comando de Dorival Júnior. Com Bruno Henrique lesionado, o técnico encontrou nos dois artilheiros os pilares dos títulos da Conmebol Libertadores e da Copa do Brasil. Só em 2022, a dupla fez 30 gols (20 de Pedro e 10 de Gabigol) e teve 81,9% de aproveitamento como titular.

Com Sampaoli, os dois começaram jogando apenas em oito das 35 partidas até aqui do treinador no Flamengo. Foram nove gols da dupla, sendo seis de Pedro e três de Gabigol, e só 50% de aproveitamento (três vitórias, três empates e duas derrotas). A última vez que eles foram titulares juntos foi há mais de três meses, no empate em 1 a 1 com o Cruzeiro no Maracanã no dia 27 de maio.


Dupla pedida pela torcida


Em enquete na semana passada, o ge perguntou aos torcedores quem deveria substituir Bruno Henrique contra o Athletico-PR. As opções eram Gabigol, Everton Ribeiro, Cebolinha, o garoto Lorran, além do lateral Matheuzinho e do volante Thiago Maia. E o camisa 10 ganhou a disputa, para jogar ao lado de Pedro, com quase 50% dos votos.

Em junho, ao ser questionado se Gabigol e Pedro voltariam a jogar juntos, Sampaoli respondeu que "o tempo dirá" (veja no vídeo acima). Com a dupla de ataque tentando mostrar serviço ao técnico, o Flamengo encara o Athletico-PR no último compromisso antes da final da Copa do Brasil, que vai ser diante do São Paulo no próximo domingo. Com 39 pontos, o Rubro-Negro é o quarto colocado do Brasileirão.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page