top of page

Funcionário suspeito em matar fazendeiro a pedradas é preso em Nova Roma, em Goiás

O suspeito foi filmado em um bar detalhando o crime contra a vítima, Anésio Dalvo Szervisnk.




Mais Goiás




Na tarde de sexta-feira (8), equipes do Batalhão Rural da Polícia Militar de Goiás (PMGO) capturaram um homem de 25 anos acusado de assassinar a pedradas um fazendeiro de 59 anos. Ele estava escondido no povoado de Cormari, no município de Nova Roma. O crime aconteceu no dia 25 de fevereiro de 2024, na zona rural de São João D’Aliança, município a 380 km de Goiânia.


Após o crime, as equipes do Batalhão Rural iniciaram intensas buscas pelo autor, que foi identificado como Gleydson Eduardo de Souza, conhecido como “Bim”. Ele foi filmado em um bar detalhando o crime contra a vítima, Anésio Dalvo Szervisnk.


Na sexta-feira (8), as equipes receberam informações de que o suspeito estava escondido no povoado de Cormari, no município de Nova Roma. Com base nessas informações, os policiais realizaram uma operação na região e localizaram o autor em uma propriedade rural desabitada.


Contra Gleydson havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. Ele foi preso pelos policiais e conduzido à Delegacia de Polícia da região.


O crime


Anésio Dalvo Szervisnk foi morto a pedradas por Gleydson Eduardo de Souza, que era seu funcionário. O crime aconteceu após uma discussão entre os dois, na propriedade rural da vítima, em São João D’Aliança.

54 visualizações0 comentário

留言


bottom of page