top of page

Funcionário de prefeitura em Goiás é preso no DF com moto furtada no Detran

De acordo com a PMDF, as motocicletas estariam sendo usadas para cometer furtos



Mais Goiás



Um funcionário da Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás foi preso no início da semana com motos furtadas no Distrito Federal. Além dele, um comparsa também foi detido. Segundo a Polícia Militar do DF, um dos veículos foi furtado no estacionamento do Detran de Taguatinga. De acordo com a corporação, as motocicletas estariam sendo usadas para cometer furtos.


A dupla seguia pela DF-180, com direção à BR-070, quando foi abordada por policiais militares, que receberam informações de que os homens conduziam motos furtadas. A equipe conseguiu abordar os indivíduos e constatou que os veículos, uma Sahara 300 e uma CB 300, tinham sido subtraídas no Guará I e no estacionamento do Detran de Taguatinga, respectivamente.


Ainda segundo a PMDF, os homens estavam usando um uniforme de uma empresa de energia elétrica para tentar despistar a Polícia. Apesar de usarem o uniforme, os detidos não trabalham para a empresa. Um deles trabalha como apoio administrativo na Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás.


Um dos detidos informou que recebeu R$ 150 para levar a moto furtada para Santa Terezinha. Um veículo Chevrolet Celta, que fazia a escolta da dupla, fugiu e não foi localizado. Os presos, de 36 e 18 anos, foram conduzidos ao 15º DP.


O Mais Goiás tentou contato com a Prefeitura de Santa Terezinha em busca de um posicionamento, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria. O espaço está aberto para manifestação.

16 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page