top of page

Fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró tentam invadir casa e deixam novo rastro

Cães farejadores conseguiram confirmar que a dupla esteve na região



Mais Goiás

Fugitivos do presídio de Mossoró (Foto: Reprodução)



Os fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró (RN), Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, tentaram invadir uma casa na zona rural de Baraúna (RN), no sábado (16).


Fontes ligadas à investigação informaram ao veículo que os homens desistiram da ação, mas deixaram o “rastro”. Cães farejadores conseguiram confirmar que a dupla esteve na região – os animais utilizam objetos deixados pelos detentos na mata e na cela para farejar. Cerca de 500 policiais atuam nas buscas que já duram 34 dias.


Vale citar, a última pista sobre o paradeiro dos fugitivos foi conseguido com auxílio de cães, também na zona rural de Baraúna. Os animais ficaram agitados na última terça-feira (12), o que chamou a atenção de moradores, que acionaram a polícia.


Cães farejadores, então, estiveram no local e confirmaram que a dupla passou por ali. O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, confirmou a situação em coletiva, na última quarta-feira (13).


“Caçada”


Em junho de 2021, uma “caçada” também mobilizou as forças de segurança de Goiás e do País. Lázaro Barbosa, apontado como autor da chacina contra uma família no DF e uma série de outros crimes na região do Entorno, morreu após confronto com a PM, no dia 28 daquele mês, após cerca de 20 dias de fuga e uma operação com mais de 270 agentes.


Ele foi encontrado em Águas Lindas de Goiás. À época, segundo a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), o homem descarregou uma pistola contra os policiais. No revide, ele foi atingido com tiros no peito, barriga e cabeça. Ele chegou a ser encaminhado para o hospital, mas não resistiu. Vale citar, a captura e a morte ocorreram após a denúncia de que o criminoso estaria na casa da ex-sogra, naquele município.


24 visualizações0 comentário

تعليقات


bottom of page