top of page

Flamengo já investiu mais de R$ 1 bilhão em seu elenco desde 2019

Globo Esporte



Mais de R$ 1 bilhão. Este é o valor que o Flamengo já gastou em seu elenco, desde 2019, na era Rodolfo Landim. Com a contratação do uruguaio De La Cruz, o Rubro-Negro superou a marca em reforços nas últimas cinco temporadas - e mais contratações devem pintar para 2024.

Em agosto de 2022, o ge publicou um levantamento no qual trazia que o Flamengo já havia investido quase R$ 800 milhões na montagem do elenco, incluindo aquisição de jogadores, luvas, renovações, comissões e investimentos na categoria de base (cerca de R$S 140 milhões). Como a maioria das compras é feita em parcelas, uma parte desse valor ainda será pago.

De lá para cá, o Flamengo fez mais contratações de altos custos. Além do uruguaio De La Cruz, o clube investiu nas compras de Ayrton Lucas, Gerson, Allan e Luiz Araújo - no fim de 2022 e em 2023. O montante destas compras chega a quase R$ 300 milhões (R$ 299,7 milhões).

É possível que o valor não pare por aí para a temporada 2024. O Flamengo tem negociações encaminhadas com Léo Ortiz e Viña. Há dentro da Gávea expectativa pelo fechamento do negócio com o zagueiro do Bragantino em 6,5 milhões de euros (R$ 34,8 milhões). No caso do lateral da Roma, a primeira sinalização rubro-negra - sem proposta formal - foi de R$ 32 milhões.

Somente na compra de jogadores, desde 2019, são R$ 895,4 milhões. Se somarmos os R$ 140 milhões de investimentos nas categorias de base, o Flamengo chega a R$ 1,035 bilhão investidos em seu elenco nas últimas cinco temporadas. Isso sem incluir multas de rescisão de treinadores, que desde 2020, o clube gastou R$ 46,5 milhões em demissões de técnicos.

132 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page