top of page

Flamengo divulga orçamento com receita recorrente de R$ 1 bilhão e superávit de R$ 303 mi

Clube também apresenta inédita projeção para o próximo triênio; estimativa é de alcançar patrimônio líquido próximo a R$ 800 milhões em 2026




GE

Rodolfo Landim - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo



O Flamengo divulgou nesta quarta-feira o orçamento para o exercício de 2024. Pela primeira vez em sua história o clube fez uma previsão de arrecadação superior a R$ 1 bilhão em receitas recorrentes, que não incluem transferências de atletas. Outro dado relevante é o superávit de R$ 303 milhões em relação ao patrimônio líquido.


A questão do superávit chama atenção porque o Flamengo previra no ano passado um crescimento patrimonial líquido de R$ 54 milhões, mas pulou de R$ 322 milhões para R$ 625 milhões.


A atual gestão orgulha-se do crescimento das receitas recorrentes especialmente a partir de 2019, ano do primeiro mandato de Landim. O número saiu da casa de R$ 400 milhões para o R$ 1 bilhão em 2023.


Vale destacar que o Flamengo atingiu faturamento superior R$ 1 bilhão em 2023, mas tal cifra não havia sido orçada. No início do ano passado, o clube havia feito a previsão de arrecadação de R$ 940 milhões em receitas recorrentes (sem inclusão da venda de atletas).


Tanto a confirmação da arrecadação bilionária quanto do crescimento do patrimônio líquido estão em fase final de auditoria feita pela Ernst & Young (EY), umas das empresas "Big Four" desta área. O resultado final, com parecer da EY e do Conselho Fiscal do Flamengo será divulgado em 30 de março.





14 visualizações0 comentário
bottom of page