top of page

Flamengo busca reforços para diminuir sobrecarga em Arrascaeta e aumentar opções no meio

Globo Esporte


O Flamengo vai ao mercado com força nessa próxima janela e, como trazido pelo ge, o meio-campo é a posição prioritária. Não à toa a diretoria busca de dois a três nomes para o setor. Jorge Sampaoli quer jogadores capazes de executarem mais de uma função e com poder criativo.

Tal ênfase no setor também representa uma diminuição da sobrecarga em cima de Arrascaeta. Há quantas janelas já não se cobra um reserva para o uruguaio?

Arrasca é constantemente convocado e tem apresentado problemas físicos. No ano passado, o departamento médico teve de fazer criterioso controle de carga para tê-lo bem nas fases agudas da Libertadores e da Copa do Brasil. Uma pubalgia tirava o sono do camisa 14, tanto que, em entrevista ao ge durante o Mundial, ele revelou um momento de pausa total nos exercícios para zerar a lesão.

O ano começou, e as coxas viraram problemas. Uma lesão no adutor esquerdo sofrida em 19 de março o tirou dos jogos por 45 dias. No último domingo, um incômodo na posterior da outra coxa o fez ser cortado do duelo entre Flamengo e Corinthians durante o aquecimento.

O jogo contra os paulistas, aliás, liga um sinal de alerta em relação a um time que pode ficar sem muitas opções criativas pelas características de elenco. Gerson continuará como meia sob orientação de Sampaoli e seguirá como titular absoluto. O outro é Arrascaeta, que, a julgar pelo último ano, precisa de dosagem de carga.

As outras opções têm características diferentes. Everton Ribeiro é jogador de qualidade técnica e que dificilmente fica indisponível. Não à toa o clube tem interesse na renovação do contrato, que é válido até dezembro. A lesão sofrida contra o Fluminense - na parte anterior da coxa esquerda - foi a primeira de ordem muscular da carreira. Os 34 anos de idade, porém, pedem atenção.

Victor Hugo fez todas as funções ofensivas na base, sobretudo a de armador, mas desde que se profissionalizou tem sido requisitado para atuar mais como um camisa 8. Sampaoli está encantado com o jovem, mas na contramão de Arrasca e Ribeiro, Victor é jovem valorizado e sempre pinta como possibilidade de venda para o exterior.

Quem está ainda mais na iminência de ser vendido é Matheus França, em quem o mercado europeu veio com pujança desde a janela do segundo semestre de 2022. Após recusas a investidas de Bayer Leverkusen e Newcastle no início do ano, o Flamengo sabe que receberá novas ofertas vantajosas.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page