top of page

Filho é preso por submeter mãe idosa a condições desumanas em Paranaiguara

Polícia Civil age após denúncia de negligência e prisão ocorre em flagrante delito



Olha Goiás




A Polícia Civil de Paranaiguara recebeu a denúncia de que um filho, de 32 anos, foi preso em flagrante delito por submeter a própria mãe, uma idosa de 74 anos, a condições desumanas. A vítima estava sendo privada de alimentos essenciais à sobrevivência, enquanto o filho se apropriava indevidamente do benefício de prestação continuada de assistência social.


Após uma solicitação judicial para priorizar a apuração do crime, uma equipe composta por policiais civis e assistentes sociais visitou a residência da idosa. A cena encontrada foi chocante: a idosa não possuía alimentos, vivia sem energia elétrica e sobrevivia apenas com as doações de vizinhos, já que o filho retinha os documentos e o cartão do benefício há meses.


Diante dessa situação, os policiais civis localizaram o filho, realizaram a prisão em flagrante delito e recuperaram os documentos e o cartão de benefício da vítima, que estavam escondidos na casa de uma amiga.


Antes de deixar o local, a equipe policial garantiu que a idosa recebesse uma refeição, deixando uma marmita para ela. Além disso, solicitaram o acompanhamento da Assistência Social do município de Paranaiguara para garantir que a vítima receba o apoio necessário.


Já o filho negligente foi encaminhado ao presídio e responderá pelo crime praticado contra o idoso. 

32 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page