top of page

Fifa e Conmebol vão analisar situação da CBF

Globo Esporte


A decisão judicial que retirou Ednaldo Rodrigues do cargo de presidente da CBF e determinou a realização de novas eleições na entidade em até 30 dias está sob análise dos departamentos jurídicos da Conmebol e da Fifa.

Nos próximos dias, as duas entidades vão estudar a decisão, o contexto e os personagens envolvidos para se certificarem de que não houve nenhum tipo de interferência externa na CBF – algo que é proibido pelos estatutos tanto da Conmebol quanto da Fifa.

Nesta quinta-feira, durante o julgamento no Tribunal de Justiça que resultou na destituição de Ednaldo Rodrigues, tanto Conmebol quanto Fifa enviaram cartas para a CBF nas quais lembraram dessa proibição.

O ge apurou que não existe qualquer risco de punição esportiva ao Fluminense, que disputa o Mundial de Clubes na Arábia Saudita entre 12 e 22 de dezembro deste ano. Tampouco existe intenção de punir as seleções brasileiras ou clubes brasileiros que disputem outros torneios internacionais.

O que hoje parece mais possível, segundo pessoas com conhecimento da situação, é que, caso Conmebol e Fifa detectem alguma interferência externa na CBF, haja algum tipo de punição administrativa.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page