top of page

Farmacêuticos são presos em Valparaíso pela venda de medicamentos vencidos e caixas adulteradas

Suspeitos seguem sob investigação



Mais Goiás

Farmacêuticos foram presos por venda de medicamentos vencidos e adulteração em caixas (Foto: PCGO)




Três farmacêuticos foram presos pela Polícia Civil (PCGO), em parceria com a Superintendência Municipal de Vigilância Sanitária (VISA), na última quinta-feira (9), na cidade de Valparaíso (GO).


Os apreendidos são suspeitos de integrarem uma associação criminosa que, supostamente, fazia a venda de medicação vencida ou com caixas adulteradas, atuando em desacordo com a legislação.


A operação teve início no dia 4 de abril, quando uma farmácia foi alvo de fiscalização da VISA, onde foi constatada a irregularidade nos medicamentos. Em seguida, outras três farmácias de Valparaíso, de posse do mesmo proprietário, entraram para a investigação.


De acordo com informações da polícia, as três farmácias investigadas possuíam medicamentos e produtos com a data de validade ultrapassada e adulterada, medicação com adulteração no lote, validade e fabricação.


Nos estabelecimentos também foram encontrados medicamentos de uso exclusivamente hospitalar e de postos de saúde, além de remédios que deveriam ser distribuídos gratuitamente por programas do governo, tendo a venda proibida.


Os três farmacêuticos, que são responsáveis técnicos pelas farmácias em Valparaíso, seguem detidos e serão investigados pelos crimes. A polícia também fará a busca por outros envolvidos no esquema criminoso.

6 visualizações0 comentário

留言


bottom of page