top of page

Fábio Santos diz que viveu ano mais pesado da carreira no Corinthians e se prepara para aposentadori

Lateral-esquerdo será homenageado pelo clube neste sábado, antes do jogo contra o Inter, em Itaquera: "É uma mistura de sentimentos, estou há três dias sem dormir"


GE

Fábio Santos será homenageado pelo Corinthians — Foto: Arte sobre foto/Rodrigo Coca


Fabio Santos está ansioso. No sábado, antes da partida diante do Internacional, às 18h, na Neo Química arena, ele será homenageado pelo Corinthians pela história que construiu no clube. Dono de seis títulos, o lateral-esquerdo vai se aposentar na próxima semana, assim que o Brasileirão terminar.


– Difícil até explicar, é uma mistura de sentimentos, estou há três dias sem dormir, a ansiedade realmente tomou conta. Mas estou de alma lavada, sentimento de alegria, de saber que o dever foi cumprido, tudo aquilo que eu programei desde menino deu certo. Sentimento de gratidão a todas as pessoas que fizeram com que isso acontecesse, todos os clubes onde joguei, principalmente o Corinthians, não tem como não falar. É o clube do meu coração. Estou ansioso para fazer um grande jogo, terminar de uma maneira bacana, vai ser uma tarde e noite especial – disse, à Corinthians TV.


As honrarias devem contar com referências no telão, entrega de presentes para o jogador e, caso o clube repita o que fez com Danilo e Emerson Sheik em 2018, com a presença das taças conquistadas por ele. Um patch foi produzido para estampar a camisa, mas será usado só contra o Coritiba, quarta.


– Sempre falei que futebol nunca foi sacrificante para mim em nada, concentração, viagem, pré-temporada, eu nunca reclamei de nada, sempre foi muito prazeroso viver esse tipo de situações. Vou sentir falta do dia a dia, dessa resenha, das histórias, a brincadeira. Eu não aguento mais esses meninos jovens, dão trabalho demais, o Wesley por exemplo (risos) – brincou o jogador.


A temporada de 2023 chega ao fim após muitas críticas, derrotas e eliminações. Muito querido no grupo, ele foi homenageado por Mano Menezes ainda na roda do vestiário depois da vitória por 4 a 2 contra o Vasco, em São Januário. Um dos líderes do time, o camisa 6 tinha como objetivo principal terminar a carreira de uma forma "honrosa", evitando um rebaixamento.


– O ano foi pesado, o pior da minha carreira, não só para mim, mas para todos no clube. Esse ano foi pesado do começo ao fim, pressão, realmente desgastou mais fora de campo do que dentro. Mas tudo é aprendizado, amadurecimento, tudo tem um por quê. Vou sentir falta de praticamente tudo, mas principalmente desse dia a dia com os amigos.


Sem Fábio, o Corinthians iniciará 2024 com dois nomes na posição até o momento: Matheus Bidu, que chegou neste ano e vive temporada de altos e baixos no Timão, e Hugo, jogador que teve destaque no Goiás e que foi contratado pela gestão Duilio Monteiro Alves a poucos dias do fim do mandato.

4 visualizações0 comentário
bottom of page