top of page

Exportações de carne goiana devem aumentar após decisão do Reino Unido

Autoridades britânicas reconhecem a excelência dos controles sanitários oficiais brasileiros e isso reposiciona o Brasil no mercado externo


Jornal Opção


Produtores goianos trabalham com a expectativa do aumento das exportações depois do anúncio do Reino Unido do fim do controle reforçado às exportações de produtos de origem animal.


Com as autoridades britânicas reconhecendo a excelência dos controles sanitários oficiais brasileiros, que garantem a qualidade dos produtos consumidos no Brasil e em países importadores, é possível que isso reflita no aumento das exportações da carne brasileira – e goiana, por consequência.


Para o assessor técnico de Pecuária da Gerência Técnica de Assuntos Econômicos da Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Paulo Moreira, a melhor parte dessa notícia é o reposicionamento do Brasil no cenário internacional. “Demonstra que temos uma avaliação positiva e que temos credibilidade para voltar a exportar carne para o Reino Unido”, comentou o assessor da Faeg.


A decisão do governo britânico foi fundamentada no relatório de uma auditoria técnica realizada por equipes do Reino Unido em outubro do ano passado. O foco era avaliar o sistema brasileiro de inspeção de produtos de origem animal, mais especificamente aves e a carne bovina.


A missão reconheceu que o Brasil resolveu as questões relacionadas aos controles sanitário e fitossanitário que haviam levado à imposição dos controles reforçados.


12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page