top of page

Everton Ribeiro supera Brocador e se torna o nono maior artilheiro do Flamengo no século

Globo Esporte


Everton Ribeiro marcou seu 46º gol com a camisa do Flamengo e fechou o placar da vitória de 3 a 0 sobre o América-MG no domingo. O feito fez o meia superar Hernane Brocador na lista de artilheiros do século XXI no Rubro-Negro e agora Everton passa a ocupar a nona posição no ranking.

O golaço de letra marcado pelo camisa 7 fez com que ele se aproximasse ainda mais de nomes três nomes marcantes na história recente do Flamengo. Vagner Love, Obina e Léo Moura têm 47 gols (cada) marcados pelo clube e dividem a sexta posição na artilharia do clube no século XXI.


Os maiores artilheiros do Flamengo no século 21:


Gabigol: 153 gols

Pedro: 104 gols

Bruno Henrique: 86 gols

Renato Abreu: 73 gols

Arrascaeta: 63 gols

Vágner Love: 47 gols

Obina: 47 gols

Léo Moura: 47 gols

Everton Ribeiro: 46 gols

Hernane Brocador: 45 gols


Everton Ribeiro está a dois gols de superar atletas que foram importantes nas últimas décadas do Rubro-Negro carioca. O meia, no entanto, ainda não tem a permanência garantida para a próxima temporada do clube da Gávea. O Flamengo e o jogador negociam uma possível extensão de contrato, mas ainda não chegaram a um acordo.

Everton é um dos principais líderes do elenco e primeiro dono da braçadeira de capitão da equipe de Tite. O meia de 34 anos está no clube desde 2017 e é o jogador mais antigo do atual elenco. Bastante identificado com o clube, já manifestou o interesse de renovar o vínculo com a equipe carioca, mas o tempo do novo contrato é o principal entrave da atual negociação.

Com a camisa do Flamengo, Everton conquistou 11 títulos: duas Libertadores, dois Brasileiros, uma Copa do Brasil, duas Supercopas, uma Recopa e três Cariocas. Everton Ribeiro já disputou 389 jogos: 230 vitórias, 84 empates e 75 derrotas.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira pela 36ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro, vice-líder da competição, enfrenta o Atlético-MG, quarto colocado, às 19h30 no Maracanã.

1 visualização0 comentário
bottom of page