top of page

Erosão que ameaça engolir rodovia federal em Goiás tem assustado moradores

Morador afirma que, além da rodovia, cratera ameaça comércios e casas da região. Dnit e Defesa Civil tentam contar a erosão.




G1-Goiás

Erosão ‘ameaça’ engolir rodovia federal em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera



A grande erosão que ameaça atingir a BR-020, em Formosa, na região do Entorno do Distrito Federal (DF), tem assustado os moradores. O funcionário público Diego Baldino disse que, além da rodovia, a cratera também ameaça comércios e casas da região.


Em nota, a Prefeitura de Formosa disse que a responsabilidade de conter a erosão é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Explicou ainda que ela foi provocada pela água da chuva e que está contida na região próxima às casas e comércios.


Também em nota, o Dnit informou que, no fim de semana, fez o isolamento do acostamento, sinalizou o km 1,5 da rodovia e que estuda formas de garantir a estrutura da rodovia. Porém, disse que é necessário a drenagem urbana da chuva por parte da Prefeitura de Formosa.


A gestão municipal disse que, em 2015, instalou uma galeria por baixo da rodovia para o condicionamento da água da chuva e, com isso, contribuir para que a erosão não cresça. Além disso, afirma que a Defesa Civil monitora o local e estuda novas medidas para a situação.


Nota do Dnit


O DNIT informa que foram encaminhadas equipes para fazer o isolamento do acostamento e a colocação de sinalização do km 1,5, da BR-020/GO, em Formosa. Os serviços devem ser concluídos neste sábado (24).


O Departamento esclarece também que além da busca pela manutenção das condições de segurança da rodovia, estuda os meios legais para realizar as intervenções necessárias para garantir as condições estruturais da BR-020/GO.


É importante destacar que o problema erosivo, que hoje já atinge a faixa de domínio da rodovia federal, só será resolvido após a execução da drenagem urbana que é de responsabilidade da Prefeitura de Formosa.


Nota da Prefeitura de Formosa


A voçoroca, tipo de erosão causada por águas pluviais, está contida em uma propriedade privada, que naturalmente vai avançando com os anos, conforme a intensidade das chuvas.

Essa erosão está contida na chamada "zona de interesse logístico" (próxima de ocupação urbana), e a região de base local fica após o bairro, depois da cidade, cruzando a BR 020, onde as águas das chuvas desembocam.


A responsabilidade por conter essa erosão é Federal, por meio do DNIT. Existe também uma corresponsabilidade do dono, uma vez que trata-se de área privada e não pública, o que leva a responsabilização ambiental ao proprietário.


Aproximadamente em 2015 foi realizado pela Prefeitura um condicionamento de água pluvial dos bairros acima, com uma galeria que passa por baixo da BR, e que pode contribuir em parte para o avanço da erosão.


Essa é uma questão antiga, que vêm sendo monitorada pela Defesa Civil, já há anos, especialmente quando há ocorrência de chuvas mais intensas.


Na semana passada outra observação, com filmagem e fotos foi realizada pela Defesa Civil, que está produzindo um Relatório Circunstancial que será encaminhado ao DNIT para alertar sobre a situação, e as devidas medidas sejam tomadas.



25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page