top of page

Empregada doméstica furta R$ 20 mil de idoso e gasta dinheiro com procedimentos estéticos e tatuagens em Goiânia

Mulher também mobilhou a casa e até trocou o celular com o dinheiro furtado da vítima



Jornal Opção

Móveis, eletrônicos e bicicleta apreendidos na casa da suspeita | Foto: divulgação/Romu



Uma empregada doméstica de 34 anos foi presa nesta quarta-feira, 31, suspeita de gastar quase R$ 20 mil da conta bancária de um idoso com procedimentos faciais, drogas, tatuagens e móveis, em Goiânia. Segundo o comandante da Ronda Municipal da Capital (Romu), Vagner Rodrigues, a mulher trabalhava na casa da vítima, de 71 anos, há cerca de quatro meses. 


Enquanto cuidava do imóvel, em novembro do ano passado, a mulher de origem paraense encontrou o cartão do idoso com a senha. Vagner diz que a partir deste mês, a suspeita já começou a realizar saques bancários em nome da vítima. Com o dinheiro ela mobiliou a casa com TV, geladeira, guarda-roupas, tanquinho, ventilador, som e até trocou de celular e comprou uma bicicleta.


“Foi preciso um caminhão para levar os objetos para a delegacia. Quando as equipes chegaram, ela tentou esconder dinheiro até na geladeira. Apenas com procedimentos estéticos ela gastou mais de R$ 2 mil, além de usar o dinheiro para comprar drogas”, explicou o comandante.


Vagner afirma que a paraense confessou o crime e que teria começado a realizar os saques ao descobrir que o idoso tinha uma poupança na conta. A corporação chegou até a mulher após uma denúncia do filho da vítima, que foi informado que a doméstica estaria gritando com o pai. 


“O filho desconfiou desse furto e, então, resolveu dar uma olhada. Foi quando ele percebeu essa situação. A suspeita foi conduzida à Central de Flagrantes, onde foi autuada por furto qualificado e posse de drogas”, concluiu o comandante. 

96 visualizações0 comentário
bottom of page