top of page

Em parecer, Ministério Público diz que não há nada que impeça a prisão de Robinho no Brasil

Subprocurador-geral da República lista quatro endereços em que o jogador, condenado a nove anos de reclusão por estupro na Itália, pode ser encontrado



Globo Esporte


Robinho pode ter de cumprir pena por estupro na Itália no Brasil — Foto: Ivan Storti/Santos FC


O Ministério Público Federal entregou à Justiça um parecer indicando que não há nada que impeça a prisão de Robinho no Brasil. Ele foi condenado na Itália a nove anos de reclusão pelo estupro de uma jovem, em Milão. Relembre as gravações que levaram Robinho à condenação na Itália


A manifestação do subprocurador-geral da República Carlos Frederico Santos ocorreu na manhã desta segunda-feira, foi noticiada inicialmente pelo UOL.


O caso já transitou em julgado na Itália e, assim, Robinho não pode reverter a condenação. Porém, a defesa dele pode questionar a transferência da pena ao Brasil. No Superior Tribunal de Justiça, a questão está com a ministra Maria Thereza de Assis Moura, presidente do STJ.



A próxima medida dela deve ser ouvir a defesa do jogador.



O pedido da Itália se dá pela impossibilidade de Robinho ser extraditado para cumprir a pena no país onde se deu o crime, já que a Constituição veta a extradição de cidadãos brasileiros.


Em sua manifestação nesta segunda-feira, o subprocurador-geral da República Carlos Frederico Santos listou quatro endereços nos quais Robinho pode ser encontrado, todos na Baixada Santista, no litoral de São Paulo.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page