top of page

Em noite dos goleiros, Corinthians e Fortaleza empatam na Neo Química

João Ricado, do Leão, opera milagres na noite deste sábado (4) em grande jogo pelo Brasileirão.



R7

Corinthians e Fortaleza fizeram um jogo interessante em SP, mas ficaram no zero – Foto: Divulgação / Fortaleza



Não foi por falta de chance, mas Corinthians e Fortaleza ficaram no 0 a 0 na noite deste sábado (4), em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando na Neo Química Arena, o destaque ficou por conta do goleiro João Ricardo, do Leão, que fez grandes defesas.


O empate deixa o Corinthians em 12º, com cinco pontos, enquanto o Fortaleza é o décimo, com seis. Lembrando que a equipe cearense tem um jogo a menos na competição.


O Corinthians foi dono da primeira metade do duelo, com nove finalizações a uma. O time de António Oliveira abafava o Fortaleza, que não conseguia ficar com a bola – o Timão ficou 67% do tempo com ela.


Mas o futebol é traiçoeiro: a única chance do Leão no jogo foi, possivelmente, a mais perigosa. Breno Lopes recebeu passe espetacular de Pochettino e saiu na cara de Carlos Miguel. Mesmo livre, o atacante chutou para fora, errando o alvo por muito pouco.


A reposta do Corinthians veio em estilo. O goleiro João Ricardo, porém, estava em grande dia. E realizou um verdadeiro milagre em cabeçada à queima-roupa de Raniele.


Lance curioso aos 33′. Romero cobrou falta com precisão (até demais) e a bola passou raspando a trave, indo na rede pelo lado de fora. Como a pelota “amorteceu” no barbante, muita gente gritou “gol” na arquibancada, levando alguns segundos até reparar que não havia entrado.


Segundo tempo


O começo da etapa final dava mostras de que o jogo seguiria na mesma toada. Raniele voltou a obrigar João Ricardo a trabalhar, assim como Romero. Depois disso, porém, o Fortaleza começou a entrar na partida, encaixando alguns ataques.


Carlos Miguel também trabalhou, fazendo grande defesa em chute forte de Yago Pikachu. Depois, de maneira sutil mas brilhante, fez também um milagre após jogadaça de Moisés.


A reta final do jogo foi de mais respeito entre as equipes, já que ninguém queria perder. Com muitas mexidas em ambos os times, a partida ficou um pouco “bagunçada”, com contra-ataques acontecendo em profusão, mas sem reais novas chances sendo criadas.


Próximos jogos


O Corinthians se vira para a Copa Sul-Americana, já que enfrenta o Nacional (PAR), na terça (7), pela quarta rodada da fase de grupos. Depois, viaja ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo (sábado, 11), em jogo pela sexta rodada do Brasileirão.



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page