top of page

Eliminação na Libertadores faz Palmeiras deixar de ganhar até R$ 94 milhões

Verdão foi derrotado pelo Boca Juniors nos pênaltis e desperdiçou chance de buscar o tetra


Globo Esporte

Raphael Veiga perde pênaltis em Palmeiras x Boca — Foto: Marcos Ribolli


A eliminação do Palmeiras na semifinal da Conmebol Libertadores deixou um grande prejuízo para os cofres do clube. Nesta quinta-feira, o Verdão acabou eliminado nos pênaltis pelo Boca Juniors, que irá decidir o título da competição contra o Fluminense, no dia 4 de novembro, no Maracanã.


Desde o início do torneio sul-americano até a semifinal, o Palmeiras havia conquistado cerca de R$ 50 milhões. O Verdão fez a melhor campanha da fase de grupos.


A eliminação fez o Palmeiras perder pelo menos US$ 7 milhões (R$ 36,7 milhões), prêmio reservado ao vice-campeão. Em caso de título, o campeão de 2023 ganhará US$ 18 milhões (R$ 94,5 milhões).


Com o acúmulo de premiações, o campeão da Libertadores pode faturar até US$ 28,05 milhões (ou R$ 136 milhões na cotação atual).

Meta superada

Na previsão orçamentária do Palmeiras para 2022, o clube projetou chegar pelo menos até as quartas de final do torneio sul-americano. Com isso, a meta foi superada.


Além disso, o patrocínio com a Crefisa renderia uma premiação de R$ 12 milhões em caso de conquista do torneio.


Veja abaixo o valor recebido pelo Palmeiras em cada uma das fases da Conmebol Libertadores:

  • Fase de grupos: US$ 3 milhões (R$ 15,7 milhões) + US$ 1,5 milhão (R$ 7,3 milhões) pelas cinco vitórias;

  • Oitavas de final: US$ 1,25 milhão (R$ 6,6 milhões);

  • Quartas de final: US$ 1,7 milhão (R$ 8,3 milhões);

  • Semifinal: US$ 2,3 milhões (R$ 12,1 milhões);

  • Total: US$ 9,75 milhões (R$ 50,2 milhões).


4 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page